Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Isaías 39 Comentário Pr Heber Toth Armí

Isaías 39
Comentário Pr Heber Toth Armí


A exibição ególatra das próprias riquezas materiais traz consequências infernais. Ezequias, rei que se empenhou para erradicar a idolatria em seu reino, idolatrou bens materiais – como fazem adoradores dos falsos deuses.

Ezequias, aquele que recebera de Deus cura miraculosa duma enfermidade mortal, desperdiçou uma oportunidade de ouro ao valorizar mais as riquezas do que o Deus que as deu.

• Atenção: Filosofias capitalistas desviam-nos dos caminhos da verdadeira religião.

Visitas ilustres, homens importantes, com intenções políticas visitaram o rei Ezequias devido a sua cura e, provavelmente, pelo retrocesso do sol adorado como deus em diversas nações; mas, em vez de falar do Deus verdadeiro, Ezequias revelou sua vaidade.

A vaidade faz o indivíduo ser educado, mas com segundas intenções. Promove a política da boa vizinhança, visando algo de seu próprio interesse. Por fim desconsidera o cuidado, a direção, a proteção e a bênção de Deus – o verdadeiro responsável por tudo o que temos e somos (vs. 1-4).

A vaidade conduz até o piedoso, que recebeu uma graça miraculosa de Deus, à ingenuidade espiritual. A ingenuidade não discerne perigos por agir independente de Deus. Nem percebe o mal de priorizar coisas em vez de glorificar a Deus. Não distingue as oportunidades que Deus dá para testemunhar dEle, por isso, usa tais oportunidades para falar de si mesmo ignorando as consequências de perder a oportunidade de ouro (vs. 5-8).

A vaidade materialista demonstra-se ambição que preocupa-se apenas com o presente, não pensa no futuro. Por isso, a exploração exagerada da natureza, o desperdício abundante de água, o aumento das fábricas que eliminam gases que diminuem a camada de ozônio, que resultam em aquecimento global, derretimento das geleiras, gerando assim grandes catástrofes no presente, mas principalmente no futuro...

Eis o mal da vaidade: A filosofia materialista rouba...

• ...os dízimos para investir em si mesmo tirando a oportunidade da pregação do evangelho.
• ...a glória de Deus para exaltar-se.
• ...o lugar de Deus, pois Sua missão não é importante para o materialista.

“O rei estava desfrutando sua fama e fortuna e, ao que parece, negligenciando sua vida espiritual”, conclui Warren W. Wiersbe sobre Ezequias.

E quanto a nós? Não estamos aproveitando as bênçãos de Deus para nos engrandecermos diante das pessoas em vez de exaltarmos a Deus? Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico

terça-feira, 27 de junho de 2017

Isaías 38 Comentário Pr Heber Toth Armí

Isaías 38
Comentário Pr Heber Toth Armí


Libertar, operar milagres e perdoar são especialidades de Deus. Ainda tem mais...

• O futuro é tão conhecido por Deus que Ele sabe até o dia de nossa morte. O profeta Isaías orienta ao rei Ezequias quanto à morte que lhe sobreviria em breve (v. 1).
• A morte não vence a Deus, mas Deus vence a morte. Nada tira Deus do controle, a não ser que rejeitemos o controle de Deus sobre nossa vida. Ezequias sabia disso e, perturbado com o anúncio do profeta, clamou a Deus chorando em alta voz. Ele não pediu mais vida, apenas apresentou sua vida piedosa (vs. 2-3).
• O profeta é servo da mensagem, não dono dela. Isaías poderia passar por falso profeta que, ora diz uma coisa, ora diz outra. Todavia, isso apenas revela humildade em um sincero servo de Deus. Isaías retorna num curto espaço de tempo a Ezequias para dizer-lhe que sua doença mortal seria curada. Além disso, profetiza a libertação de Jerusalém do rei assírio (vs. 4-6).

“No intervalo entre a informação dada no versículo 6 e a do versículo 7, II Reis relata a instrução de Isaías para aplicar ao tumor uma pasta de figos, bem como o pedido de Ezequias por um sinal. Neste capítulo, esses versículos são reservados para o fim vs. 21-23, mas de qualquer forma, cronologicamente eles localizam-se aqui .... A maneira pela qual esse milagre se manifesta... está intimamente associada... com os costumes medicinais em voga, fato que não exclui a possibilidade de que Deus tenha usado o poder terapêutico inerente aos figos, de forma que a sua eficácia é usada no contexto do milagre divino” (J. Ridderbos).

O cântico de Ezequias pode-se dividir em duas partes:

• Antes da cura (vs. 1-16): Vê a morte solapando sua vida precocemente, lamenta continuar o prazer de estar com Deus e a companhia dos amigos, sente como se os seus ossos estivessem quebrados; aflito, geme e busca ao Senhor, expõe em oração a amargura de sua alma e suplica por restauração da saúde e vida.
• Depois da cura (vs. 17-20): Louva ao Senhor pelo livramento e perdão, glorifica e adora a Deus pelo que fez.

Deus tem poder para reverter qualquer situação e quaisquer quadros clínicos. Ele merece nosso louvor! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Isaías 37 Comentário Pr Heber Toth Armí

Isaías 37
Comentário Pr Heber Toth Armí


Se estamos do lado de Deus, quem poderá derrotar-nos? Nem mesmo uma máquina de guerra aparentemente insuperável, nem mesmo o diabo e seu exército!

Com Deus, somos invencíveis! Observe a história deste capítulo...

Cerca de 45 km de onde estava Ezequias, Senaqueribe havia conquistado Laquis. Seu exército era extremamente poderoso e habilidoso. Suas estratégias eram lógicas e racionais. Aparentemente, não aceitar a proposta de Senaqueribe seria ousadia ignorante que causaria o inevitável desastre.

“Se Deus não viesse em resgate de Judá, as ameaças do rabsaqué se teriam cumprido literalmente. Esta era uma ocasião de profundo exame de coração e oração para Judá. A calamidade com que eles se defrontavam os levou para mais perto de Deus... Se Deus não os tivesse protegido, muitos teriam morrido, e outros teriam perdido a esperança na vida de um Messias. Então, qual teria sido o futuro do povo de Deus?” (Roy Gane).

Deus entrou em cena, Ele agiu a fim de responder aos argumentos do inimigo, para:

1. Provar que Ele não era como os demais deuses derrotados dos outros povos conquistados;
2. Revelar que as súplicas por ajuda, libertação e salvação são, graciosa e bondosamente, respondidas;
3. Mostrar que a confiança nEle faz total diferença diante das ameaças impostas pelas circunstâncias que conspiram contra nossa fé.

Aos piedosos que se humilham e buscam ao buscar a Deus estendem perante Ele seus problemas e oram com fé em Seu poder, serão surpreendidos com a resposta divina. A graça de Deus faz por nós o que não merecemos, e muito mais do que imaginamos.

Ao enfrentar desafios que aparecem e ameaçam, considere estes pontos:

• ...busque ao Senhor em oração sincera, humildemente, mas fervorosamente (v. 1);
• ...consulte aos profetas de Deus, busque orientação nas Sagradas Escrituras (vs. 2-13);
• ...deixe Deus tomar conta de tudo; não exija o quê fazer, ou como deve agir (vs. 14-20);
• ...atente para o profeta que Deus usa para te orientar, incentivar e fortalecer a confiança nEle (vs. 21-35);
• ...observe atentamente o magnífico e poderoso livramento de Deus em resposta a tua entrega total (vs. 36-38).

Com apenas um anjo Deus nos surpreende ao mostrar que Ele está no controle e pode atender qualquer um de nossos clamores! Queira torná-lO conhecido como desejou Ezequias! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico

domingo, 25 de junho de 2017

ISAÍAS 36 Comentário Pr Heber Toth Armí

ISAÍAS 36
Comentário Pr Heber Toth Armí


É grande o desafio de viver confiando em Deus num mundo que desafia constantemente tal confiança. A sociedade incrédula, a filosofia anti-Deus verdadeiro e, cercados por estúpidos líderes políticos pagãos, tornam real a necessidade de uma fé concreta em Deus.

Antes de considerar alguns pontos importantes do capítulo, amplie tua visão desta nova seção:

“Os capítulos 36-39 formam um parêntese histórico ligando a primeira parte do livro (caps. 1-35), que consiste em profecias de juízos e bênçãos originárias do período assírio, à segunda parte, composta de profecias de consolo que emanam do período babilônico. O nome de Ezequias é mencionado cerca de 35 vezes nessa seção, que é, às vezes, intitulada Volume de Ezequias. Essa seção é quase idêntica ao texto de 1Rs 18.13-20-19. É provável que Isaías tenha escrito o material, que foi mais tarde incorporado à história do corte de Judá e, por último, a Reis” (Merril F. Unger).

Além de I Reis, este episódio encontra-se resumidamente em II Crônicas 32:1-31. Citado por três vezes na Bíblia este relato precisa ser considerado como extremamente relevante aos servos de Deus de todas as épocas e lugares.

Os miraculosos detalhes destas histórias “nos lembram de que não há qualquer circunstância que possamos imaginar que limite o poder de Deus para nos salvar”; além disso, deixam claro que, “ter confiança em Deus quando enfrentamos desvantagens esmagadoras não faz sentido para as pessoas” (Lawrence O. Richard).

Em 701 a.C. Senaqueribe, por meio de Rabsaqué, atacou psicológica e teologicamente ao rei Ezequias e seu povo, por motivos banais. Daqui extraímos estas lições:

• Indivíduos astutos nos atacam alegando que ninguém, nem mesmo Deus, pode nos salvar de suas mãos.
• Inimigos do povo de Deus que acham que estão sendo usados por Deus atacam aos crentes desprezando-os e ridicularizando suas forças.
• Insolentes provocadores ameaçam com argumentos racionais e lógicos, inclusive teológicos, intentando minar a fé do povo de Deus.

Argumentos insolentes, blasfêmias petulantes, interpretações equivocadas e retóricas com lógica ainda ameaçam a fé de universitários cristãos com o mesmo ímpeto de Rabsaqué.

Portanto, é necessário aprender com Ezequias que, por mais que os ataques sejam palavras que pareçam lanças afiadas, cujo objetivo é humilhar os fieis, e deixar-nos sem palavras... confiar em Deus faz total diferença! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico

sábado, 24 de junho de 2017

Isaías 35 Comentário Pr Heber Toth Armí

Isaías 35
Comentário Pr Heber Toth Armí


O Éden perdido precisa, e será restaurado. Mas, como? Isso é impossível ao ser humano, mas não para Deus. O caos deste mundo terá fim! Deus está trabalhando para restaurar o Éden.

O capítulo anterior enfatiza a erradicação do mal e dos efeitos do pecado na natureza. O capítulo em questão mostra os privilégios dos poucos pecadores que aceitarem e se submeterem ao plano de salvação. Enquanto Edom é destruído, o Éden será restaurado.

1. A terra amaldiçoada devido ao pecado (Gênesis 3:17-18; 4:12) será abençoada com o reino messiânico (Isaías 35:1). Toda a criação geme e aguarda o dia da restauração, a qual beneficiará aos remanescentes redimidos, submissos ao Espírito Santo (Romanos 8:18-23).

2. A beleza da natureza perdida pela deterioração do pecado voltará quando Deus a restaurar para os Seus restaurados filhos (v. 2):

a) Deus dará a glória do Líbano até ao árido deserto;
b) Deus dará o esplendor do monte Carmelo e de Sarom;
c) Pois, a glória e o esplendor do Senhor se farão presentes.

3. A restauração da terra desgraçada pelo pecado trará alegria imensurável aos libertos do pecado. “O uso de vários termos que expressam alegria é notável: ‘alegrar’, ‘exultar’, ‘florescer como narciso’, ‘florescer abundantemente’, ‘jubilar de alegria e exultar’ (v. 1, 2)” (Bíblia Andrews).

4. A promessa de restauração visa abençoar psicologicamente. Desperta esperança, motivação, determinação, unidade e companheirismo nos crentes (vs. 3-4).

5. A promessa envolve bênçãos físicas, tais como cego enxergar, surdo passar a ouvir, aleijado ser restaurado, mudo começar a cantar; pois, tudo na natureza será reparado (vs. 5-6). “A linguagem destes versículos foi usada por Jesus para relatar suas realizações a João Batista, apresentando-lhe evidências do amanhecer da era de salvação anunciada pelo profeta Isaías (ver Mt 11:2-4; Lc 7:18-23)” (Bíblia Andrews).

6. O cumprimento desta profecia poderia ter sido completado na primeira vinda do Messias (ou antes); entretanto, o povo não correspondeu à expectativa divina (vs. 8-10). Conquanto, “o cumprimento final das profecias deste capítulo ocorrerá na segunda vinda de Cristo e na nova terra” (Bíblia Andrews).

Apesar da desobediência dos judeus, as promessas de Deus se cumprirão plenamente (ver Apocalipse 21:1-5). É possível estarmos todos inclusos nelas, caso nos entreguemos 100% ao judeu Jesus reavivando-nos diariamente!

Anime-se! Alegre-se! – Heber Toth Armí #rbhw #ebiblico #rpsp
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...